Caminhada

Educação para o Desenvolvimento  

A Caminhada GASNova tem início, todos os anos, por volta de Novembro, com uma sessão de apresentação e aí começa a aventura. É baseada no conceito de Cidadania Global e Educação para o Desenvolvimento  e nos seus valores de justiça, equidade e solidariedade. Acreditamos que a sensibilização e formação dos jovens sobre os problemas e desafios que o Mundo atravessa, as desigualdades entre o Norte e o Sul, e sobre si próprios neste contexto, promovem o pensamento crítico e constituem um passo fundamental para a ação e mobilização no sentido da transformação social. Mas as temáticas da Educação para o Desenvolvimento não se restringem ao âmbito internacional, potenciando soluções e respostas para questões transversais, numa permanente leitura entre o global e o local, tais como o respeito pela multiculturalidade; a imigração e inclusão social; a erradicação da pobreza; o consumo responsável e o comércio justo; e o desenvolvimento sustentável.

Missões de Cooperação para o Desenvolvimento e de voluntariado nacional

As Missões GASNova, em PALOP, são sempre realizadas em cooperação com organizações locais para assegurar:

  • Identificação e avaliação das reais necessidades das comunidades locais
  • Contacto mais próximo e íntimo com as comunidades
  • Manutenção de relações e parcerias
  • Continuidade dos projetos com vista ao desenvolvimento local (sustentabilidade)
  • Medição e avaliação efectiva dos resultados do trabalho dos voluntários

Além das Missões de Cooperação para o Desenvolvimento em PALOP, realizamos uma Missão de voluntariado com a comunidade cigana de Vendas Novas, em Portugal, que se tem revelado uma experiência igualmente transformadora para os jovens que a vivem e a própria comunidade. O projeto começou em 2012 e tem vindo a crescer, demonstrando resultados cada vez mais positivos.

Todos os voluntários que participam em Missões, iniciam um processo de preparação específico a partir de Junho.

Acolhimento Pós-Missão

A Missão GASNova tem-se declarado, sem dúvida, um momento fundamental na vida de cada jovem que por ela passa. No entanto, ambicionamos que os nossos voluntários vejam a Missão não como o fim de uma Caminhada, mas como o início, um pontapé de partida, uma rampa de lançamento para a sua vida e para outras experiências dentro do GASNova. O acolhimento Pós-Missão consiste num processo de avaliação (pessoal e de grupo) da Missão e da Caminhada GASNova, mas pode também marcar o início de uma nova “Missão”, com a definição de objetivos e compromissos futuros por parte do voluntário.

Agentes GASNova

Os Agentes GASNova são voluntários que realizaram a Caminhada GASNova e que se tornaram multiplicadores de aprendizagens da próxima, ou seja, coordenadores na Caminhada do ano seguinte. São os elementos de uma geração que se enriquece a si própria e que não desiste de ir mais além. Constituem peças fundamentais na manutenção da associação em áreas como:

  • Formação de voluntários
  • Angariação de fundos
  • Comunicação
  • Sensibilização
  • Momentos de grupo
  • Direção

Agentes de Transformação Social

Consideramos que após a experiência GASNovense, com o percorrer da Caminhada, motivamos os jovens para estarem mais atentos ao Mundo, mas também à sua comunidade local, e para o exercício diário da sua cidadania, tornando-se Agentes de Transformação Social. Acreditamos que nenhum jovem fica indiferente à Caminhada GASNova porque:

  • Forma e educa boas práticas
  • Permite conhecer os desafios globais e locais
  • Motiva o indivíduo para a acção
  • Estimula e potencia o poder de iniciativa
  • Sedimenta e aumenta a confiança do jovem
  • Alerta para a importância da metodologia

esquemasempaises  Esquema da Caminhada GASNova